CV TradeInvest e IEFP assinam protocolo para promover emprego e empreendedorismo

CV TradeInvest e IEFP assinam protocolo para promover emprego e empreendedorismo

A Cabo Verde TradeInvest e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) vão assinar um acordo de parceria esta quarta-feira, dia 10 de outubro, às 15h, na sede da CV TradeInvest, em Achada de Santo António, com o objetivo de promover o emprego e empreendedorismo e disponibilizar cada vez melhores condições ao investimento no país.

A parceria constitui uma opção estratégica da Cabo Verde TradeInvest e do Instituto do Emprego e Formação Profissional para o desenvolvimento nacional. O ato vai reforçar o trabalho das duas instituições nos domínios dos Estágios Profissionais, Intermediação laboral/ Recrutamento, Formação Profissional, bem como Empreendedorismo e Auto-Emprego.

Nesse sentido, pretende-se que as informações produzidas pelos dois organismos possam ser partilhadas de forma a seguir os mesmos objetivos de promover e melhorar o ambiente de negócios nacional.

As duas partes vão trabalhar numa comunicação conjunta relativamente aos Projectos de investimento privado em carteira; a projecção do número de postos de trabalho previstos; bem como os Perfis profissionais; informações sobre os sectores, áreas de atividade económica com oportunidades de negócio existentes em cada ilha e respectivos concelhos para orientação dos beneficiários dos programas de promoção do Empreendedorismo, autoemprego e Formação Profissional; Planos estratégicos e planos de negócios das partes; Eventos previstos, entre outros.

Além destes temas, este acordo vai promover outras ações como a contemplação de jovens e desempregados inscritos nos Centros de Emprego e Formação Profissional em ações de formação previstas no âmbito dos Acordos de parceria assinados entre a Cabo Verde TradeInvest e as suas entidades parceiras nacionais e internacionais; Internacionalização da mão-de-obra qualificada por forma a alinhar a procura e a oferta; Colaboração nos processos de recrutamento de mão-de-obra necessária para execução dos projetos em Cabo Verde e na operacionalização do serviço de mobilidade internacional.