Arquivo do blog

São Vicente entre os melhores lugares do mundo 2021

A prestigiada revista TIME incluiu a ilha de São Vicente na sua lista dos 100 melhores lugares do mundo de 2021 (World’s Greatest Places 2021), referindo-a como a ilha da “Music in the Air” e citando Cesária Évora e a morna.

O texto é ilustrado com uma fotografia da Baía do Porto Grande, onde se destaca a imagem do Floating Music Hub, concebido pelo renomado arquitecto nigeriano Kunlé Adeyemi, uma infraestrutura que irá funcionar como um centro multiuso para performances artísticas, com um estúdio de gravação musical que pretende atrair artistas do mundo inteiro.

Num mundo que começa a recuperar aos poucos, em que o sector das viagens e turismo foi particularmente afectado, esta distinção é um tributo às pessoas e empresas na vanguarda dessas indústrias que, apesar de circunstâncias verdadeiramente extraordinárias, conseguiram adaptar-se, construir e inovar.

A lista deste ano dos 100 lugares mais extraordinários a explorar destaca a engenhosidade, a criatividade e a capacidade de revitalização e traz esperança para a reabertura destes destinos em todo o mundo.

Cabo Verde está de parabéns e devemos todos estar orgulhosos e cheios de força para continuar a inovar e tornar o país cada vez mais atrativo e competitivo na arena mundial.

Governo actualiza tarifas aplicáveis no transporte aéreo doméstico de passageiros

O Governo actualizou e fixou as tarifas aplicáveis no transporte aéreo doméstico de passageiros em Cabo Verde, visando atender aos direitos dos consumidores, mas também, a viabilidade económico-financeira das transportadoras aéreas.

Os preços dos voos Praia-São Vicente/São Vicente-Praia passam a custar 9.000 escudos na tarifa base, enquanto Praia-Sal/Sal-Praia custa 8.500 escudos.

Praia-Boa Vista/Boa Vista-Praia fiada em 8.100 escudos, Praia-São Filipe/São Filipe Praia a 6.700, Praia-Maio/Maio-Praia a 3.000 e Praia-São Nicolau/São Nicolau-Praia a 8.200 escudos.

Foram fixados também os valores de Sal-São Vicente/São Vicente-Sal (9.100 escudos), Sal-Boa Vista/Boa Vista-Sal (4.600), Sal-São Nicolau/São Nicolau-Sal (7.800 escudos) e São Vicente-São Nicolau/São Nicolau-São Vicente (5.600 escudos).

Entretanto, as tarifas acrescem as taxas de embarque no valor de 600 escudos e de segurança área de 1.500 escudos.

A mesma fonte avança que as transportadoras aéreas licenciadas devem oferecer, no período de um ano civil e por cada linha, pelo menos 20 por cento (%) dos lugares comercializados em tarifa promocional.

As novas tarifas preveem ainda uma tarifa social, tarifa flexível e tarifas para voos com escala de ligação.

Cabo Verde esteve representado na 9.ª Expo Internacional de Turismo de Macau

Cabo Verde esteve representado na 9.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau que teve lugar de 9 a 11 de julho no nos Halls A e B da Cotai Expo, no Venetian Macao.

Juntamente com os outros Países de Língua Portuguesa, o stand de Cabo Verde foi organizado pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), em que o delegado de Cabo Verde, Nuno Furtado foi o representante.

Esta edição do evento combinou iniciativas “em nuvem” com a exposição física, procurando contribuir para a promoção do intercâmbio e da cooperação entre os operadores turísticos e sectores relacionados, e exploração conjunta de oportunidades de negócio.

O recinto ocupou uma área de cerca de 23.000 metros quadrados e contou com cerca de 710 stands e mais de 300 expositores, incluindo 99 de Macau, 243 do Interior da China e 23 internacionais, a par com 363 compradores, incluindo 205 compradores convidados do Interior da China e 158 compradores online provenientes de todo o mundo.

Ellalink e as oportunidades de investimento

O EllaLink é um cabo óptico submarino que liga o Brasil e a Europa, conectando os principais hubs de S. Paulo e Fortaleza a Lisboa e Madrid. É, atualmente, um dos cabos mais modernos e com maior capacidade de transferência de dados pela internet. Desde o início de Junho de 2021, está pronto a funcionar, com pontos de presença em Barcelona, Fortaleza, Funchal, Lisboa, Madrid, Marselha, Praia, S. Paulo, Sines e Rio de Janeiro. Em Cabo Verde, entra em serviço em Julho.

Este novo cabo submarino vem assegurar o futuro da conectividade no país, já que tem maior capacidade e garante redundância e segurança no acesso internacional. Neste momento, o único cabo submarino que liga Cabo Verde ao resto do mundo (o WACS) apresenta limitações de capacidade e começa a ficar obsoleto.

A estratégia de Cabo Verde passa por criar um hub de conectividade, onde vários cabos submarinos se cruzam, e vender esta capacidade para a nossa sub-região, através da rede Amílcar Cabral, ligada diretamente aos países membros da CEDEAO com costa marítima, ou próximos da costa. Esta ligação melhora a integração regional, abre novos horizontes e ativa um conjunto de oportunidades em diferentes setores de armazenamento e processamento de dados. Cabo Verde posiciona-se, assim, como um centro de prestação de serviços de integração, devido à sua posição geoestratégica e proximidade com diferentes continentes.

Sendo a economia digital um dos vectores estratégicos para o desenvolvimento do país, foram feitos importantes investimentos nos últimos anos, no sentido de garantir uma conectividade de excelência. Assim, espera-se que o actual estado das infraestruturas de telecomunicações em Cabo Verde impulsione o sector das TIC e, com isso, a modernização da administração do Estado, do sector empresarial e da economia, de forma geral.

Cabo Verde leva arte de Eduardo Bentub à 13ª Semana Cultural em Macau

Depois das mudanças impostas pela COVID-19, realiza-se, em Macau, este ano ainda em formato híbrido offline/online, a 13.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa. Este evento anual, que acontece entre Junho e Dezembro de 2021, é organizado pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (com sede em Macau).

O Fórum promove o intercâmbio e a cooperação culturais entre esses países, destaca o papel de Macau como plataforma para essa interação, inclusive a nível comercial, e disponibiliza informações sobre oportunidades de negócios e investimentos. Este ano, destacam-se exposições e workshops sob o tema “Policromias lusófonas”.

Estarão expostas obras de artistas plásticos e fotógrafos de renome dos 8 países de língua portuguesa e Macau. Cabo Verde está representado pelo artista plástico Eduardo Bentub, com a exposição “10 Grãozinhos de Terra, Independentes, no Meio do Atlântico”, patente ao público até 18 de Julho. Prevêem-se também conteúdos online, incluindo um “Concurso de Criação de Vídeos Promocionais sobre os Países de Língua Portuguesa”, como forma de impulsionar o intercâmbio e a cooperação entre o Interior da China, a Região Administrativa Especial de Macau e os países de língua portuguesa.

Nortuna autorizada a produzir atum de aquacultura por 50 anos

O governo autorizou a concessão por 50 anos de 236.000 metros quadrados (m2) a um grupo norueguês, para permitir a actividade de uma unidade de produção de atum em aquacultura na ilha de São Vicente.

Saiba mais em: Nortuna autorizada a produzir atum de aquacultura por 50 anos (expressodasilhas.cv)

Projecto Policlínica da Cardiomed no Sal recebe certificado de investimento

No início deste mês, a Cabo Verde TradeInvest entregou à Cardiomed o certificado de registo de investimento, tendo em conta o projeto de abertura, na cidade de Espargos, na ilha do Sal, de uma extensão da Cardiomed – Centro Médico Cardiológico.

No Sal, este projecto, com selo da Cabo Verde TradeInvest, propõe a criação de 11 postos de trabalho direto e representa um investimento de 1.935.765 euros. A clínica, com dois pisos, irá servir a população salense, mas também as populações da Boa Vista e de São Nicolau, reforçando significativamente a prestação de cuidados de saúde nessa região do país.

O edifício está a ser construído e tem previsão de estar concluído em outubro deste ano.

A Cardiomed foi criada em 2005, na cidade da Praia, inicialmente como Centro Médico Cardiológico, tendo depois, em 2015, se transformado numa policlínica. Hoje, com mais de 15 anos no mercado cabo-verdiano, a Cardiomed oferece consultas de clínica geral, cardiologia, otorrinolaringologia, ortopedia, ginecologia e obstetrícia, estomatologia, entre outras. Também realiza exames de electrocardiograma, ecocardiograma com doppler, holter, audiometria, colonoscopia, ecografia, mamografia, Rx, TAC, endoscopia e prova de esforço. A Cardiomed está também equipada para também realizar análises clínicas, sessões de fisioterapia, cirurgias e prestar serviço de ambulância. 

Metalo, uma alternativa de lazer e entretenimento no Mindelo

Hoje, fazemos uma visita à Metalo, em São Vicente, restaurante inaugurado recentemente e que assenta no conceito alternativo de comida saudável, diversificada e a preço acessível, para consumo no seu agradável e convidativo espaço ou para take-away.

É preciso recuar aos anos 90 para nos lembrarmos, com algum saudosismo, da antiga roulotte da Metalo, estacionada na Praça Nova até de madrugada, saciando a fome e o apetite de Mindelo e dos mais noctívagos. A roulotte fez parte da história da cidade e o seu conceito marcou uma época, entre inesquecíveis sabores e estórias.

Com a reabilitação, remodelação e transformação de um espaço, na Av. Baltasar Lopes, Praça Poeta José Lopes, no Mindelo, a Metalo Fast Good fica localizado no coração de Mindelo, e abençoado por dois monstros consagrados da nossa cultura. O novo restaurante dispõe de duas cozinhas, uma de processamento e outra de montagem, e um quintal com uma área verde dividida entre uma zona de sombra e outra a céu aberto, criando, assim, um ambiente de conforto e qualidade ambiental. Numa simbiose perfeita, a Metalo junta à qualidade do seu espaço uma saborosa ementa de refeições saudáveis, práticas e económicas, com a opção de poderem também ser servidas em eventos realizados noutros espaços, já que o restaurante também presta serviço de catering.

Este empreendimento, cuja reestruturação passou pela Cabo Verde TradeInvest, é um investimento de origem francesa, que representa a criação de dezenas de postos de trabalho directo e oferece à cidade do Mindelo uma alternativa muito interessante de lazer e entretenimento.

Por mais investimentos assim! … conciliando as vantagens que representam para a melhoria da qualidade de vida das nossas cidades à criação de alternativas de emprego digno para as famílias cabo-verdianas! 

Samba Bathily: Porquê Cabo Verde?

Samba Bathily, fundador da African Development Solutions, uma iniciativa que lida com questões ligadas à promoção da energia limpa, contou-nos porque decidiu investir em Cabo Verde e na música.

“A razão pela qual decidi investir na música, que é, na verdade, parte da indústria criativa, é porque até agora tem-se considerado a música e a indústria criativa como entretenimento. Devemos compreender que a indústria criativa é um negócio. Este é o próximo nível a que a nossa África deve chegar. Por exemplo, se tomarmos os EUA como exemplo, a indústria criativa gera cerca de 763 biliões de dólares. Representa mais do que os sectores dos transportes e do armazenamento nos EUA. Nós, como africanos, nascemos criativos e é uma das nossas vantagens competitivas. E a razão do investimento em Cabo Verde é muito simples. Cabo Verde, para mim, representa uma encruzilhada entre o Africano e a Diáspora. Antigamente, os escravos deixavam a África a partir de Cabo Verde. Foi por essa razão que construímos o Estúdio Flutuante do Mindelo. É muito significativo, porque, primeiro, o africano partiu de barco e agora queremos que todos voltem pelo mesmo barco, mas desta vez alegremente, através da música e do entretenimento, desenvolvendo a economia e o turismo. Pode ser significativo construirmos tudo isso junto em África”.

Nortuna adquire navio para projecto de aquacultura

O projeto de aquacultura, da empresa norueguesa Nortuna AS, avança a bom ritmo. Já chegou ao Porto Grande, no Mindelo, o navio Almadraba, desenvolvido especificamente para aquacultura e com características técnicas próprias para a prática desta atividade industrial.

O navio tem uma grua traseira com capacidade para 19 toneladas, que será utilizada, nesta fase piloto, para colocação de jaulas e outros equipamentos no mar, aos quais também garante a manutenção, e para alimentar os peixes em cativeiro. Até à data, Cabo Verde não dispunha de nenhuma embarcação com estas características e será, portanto, uma mais-valia também para projetos desenvolvidos futuramente.

Em Julho próximo, a empresa dará início ao projeto piloto de criação em aquacultura do atum bluefin. Segundo a Nortuna, o Almadraba é suficiente para prestar todo o apoio necessário nesta fase piloto. Contudo, no próximo ano chegará ao país um navio maior, com outras condições, para a fase de expansão do projeto. Sucessos é o que desejamos à Nortuna, esperando que este projeto possa trazer muitos benefícios ao País.