Notícias/Eventos

Hotel de charme Casa da Djedja recebe certificado de registo de investimento

O empreendimento turístico Casa da Djedja em São Vicente recebeu o certificado de registo de investimento esta quinta-feira, dia 16 de julho, entregue pelo Presidente do Conselho de Administração da Cabo Verde TradeInvest, José Almada Dias, e pelo técnico de investimento, Amílcar Brito, ao gerente da empresa, Marx Nobre.

O valor do investimento é de aproximadamente 55 mil contos e criará 8 postos de trabalho.

A unidade hoteleira terá o modelo de uma guesthouse de alto standing e vai situar-se no centro histórico do Mindelo, mais precisamente na Rua Unidade Africana. O espaço terá nove quartos diferenciados, sendo 3 suites, contabilizando um total de 14 camas. 

O projecto consistiu na remodelação e ampliação de uma casa antiga e passará a ter espaços de lazer ao ar livre e uma mistura de um perfil estético mais tradicional e o outro mais contemporâneo.

O Hotel de Charme Casa da Djedja, que vai promover um aumento da qualidade da oferta hoteleira na ilha, encontra-se em fase final de construção.

Cabo Verde arrecada 480 milhões de euros de investimentos em 2019 e prevê atrair 1.600 milhões em 2020

A agência nacional de promoção do investimento e exportação, Cabo Verde TradeInvest, aprovou 46 projetos durante o ano de 2019, totalizando um valor de mais de 480 milhões de euros. Esta soma vai possibilitar a criação de 3.654 postos de trabalho em 7 ilhas do arquipélago.

Os setores de investimento dedicam-se às áreas de Agro-pecuária, Indústria, Saúde e Turismo, sendo este último o que reúne mais projectos com um total de 31.

Em 2020 deverão ser aprovados 74 projetos, novamente com maior incidência no Turismo (56), mas também nas áreas de Indústria (11), Saúde (3), Tecnologias de Informação e Comunicação (1), Serviços (1) e Indústria Criativa (2).  Serão mais de 1600 mil milhões de euros em investimento que representarão a criação de 8426 postos de trabalho.

Para 2020 também está também prevista a atualização do Balcão Único de Investimento (BUI), portal único de tramitação digital de todos os processos de investimento, tornando-se mais transparente, rápido e efetivo para todos projetos de investimentos, de pequena, média e grande dimensão.

 

1.       Por Nr. de projectos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2.       Por Valores de Investimento:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3.       Por Empregos a criar:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4.       Por Sector (2018/2019):

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5.       Por Ilha (2018/2019):

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Evolução por ilha, perspectiva 2015-2019 para comparação)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cabo Verde TradeInvest disponibiliza inscrições para o Diretório de Empresas e Prestadores de Serviço

A Agência de Promoção ao Investimento e Exportação, Cabo Verde TradeInvest, lançou a plataforma que vai permitir às empresas exportadoras e aos prestadores de serviços fazer a inscrição das suas organizações no Diretório de Empresas e Prestadores de Serviço criado online com o objectivo de divulgar o mercado nacional de uma forma rápida e célere junto dos investidores e exportadores.

Integrado nas atividades do Plano Estratégico da agência e no Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS) do Governo, o Diretório de Empresas e Prestadores de Serviço tem a missão de apoiar o empresariado nacional interessado em produzir bens e serviços. Este será um veículo para prestação de informações, facilitação de contactos, propiciando ou promovendo parcerias a nível nacional e internacional. 

Nesse sentido, a Cabo Verde TradeInvest pretende conhecer e dar a conhecer ao mundo as empresas cabo-verdianas, com a disponibilização de informação completa de todos os agentes de um mercado cada vez mais exigente em padrões de profissionalismo e competência.

O Directório de Empresas consiste numa ferramenta alojada no site da Cabo Verde TradeInvest em www.cvtradeinvest.cv, no qual a inscrição pode ser realizada através da colocação de dados no seu correspondente formulário. A plataforma vai permitir a publicidade e a apresentação gratuita das empresas, produtos e serviços de Cabo Verde, organizados de acordo com a área de negócio na qual se integram.

Será feita a  disponibilização dos contactos, localização, serviços prestados e outras informações relevantes das empresas inscritas com o fim de fazer desta plataforma um meio de contacto internacional dos produtos e serviços nacionais, melhor apresentando o país e as suas oportunidades.

Aceder à plataforma em:

http://cvtradeinvest.cv/diretorioempresas/home.php

Empresa imobiliária belga vai construir em São Vicente um resort de 5 estrelas

A Devotal, Lda, empresa imobiliária belga com investimentos na zona da Baía de João Évora, em São Vicente, vai começar a construir, ainda este ano, um resort de cinco estrelas próximo à praia da localidade.

Uma oferta turística de seiscentas camas e vários tipos de apartamentos que deverão ficar prontos em três anos, de acordo com o administrador residente da Devotal, Jasper Vercruysse.

Em fase avançada está a construção das vinte e quatro vivendas de luxo do resort-1 iniciado em 2013.

Conforme a previsão dos investidores belgas, as vivendas de João Évora começarão a ser entregues entre Junho e Julho deste ano e a construção do resort de cinco estrelas junto à praia começa no segundo semestre de 2018.

O projeto Baía João D’Évora tem como objetivo a construção de 28 vilas (das quais 10 já estão praticamente concluídas) e um Hotel de 190 quartos/bangalós.

Os empreendimentos serão construídos numa área de 30 hectares em duas fases. A primeira fase compreende as vilas e a segunda o Resort de praia.

 

HILTON INAUGURA HOTEL NO SAL COM INVESTIMENTO DE 70 MILHÕES DE EUROS

29 de janeiro de 2018

O grupo Hilton inaugurou o seu primeiro hotel em Cabo Verde, na Avenida dos Hotéis, em Santa Maria, na ilha do Sal, a 35 metros do Casino Royal, este sábado, dia 27 de janeiro.

Com 241 quartos, sendo 24 suites e uma suite presidencial, este empreendimento prevê a movimentação de um turismo de luxo, que trará novas oportunidades económicas ao país.

A funcionar desde novembro do ano passado, o hotel emprega 280 trabalhadores, na sua maioria jovens nacionais, e tem rondado uma taxa de ocupação de 70, 85%.

A inauguração contou com a presença do Primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, da ministra da Justiça e do Trabalho, Janine Lélis, da presidente da Cabo Verde TradeInvest, Ana Lima Barber, entre muitas outras altas entidades.

“Escolhemos Cabo Verde porque as suas gentes são extraordinárias e porque o governo tem uma abertura para com os investidores. O país tem estabilidade política e social, um bom clima e pessoal qualificado. Temos uma visão de longo prazo sobre os investimentos em Cabo Verde e estamos a contribuir para um destino turístico de alto nível”, afirmou Jacques Monnier, um dos proprietários.

“Hilton é um nome conhecido mundialmente e significa um turismo de standard mais elevado com possibilidade de atrair uma clientela diferenciada (…) Para Cabo Verde é um reforço interessante daquilo que nós queremos da economia do país através do turismo”, apontou o Primeiro-ministro.

O grupo Hilton, que tem mais de 5200 hotéis espalhados pelo mundo, prevê para breve o arranque das obras de mais um hotel na ilha de Santiago, na cidade da Praia.

TURISMO NO SAL QUALIFICA-SE COM 4 NOVOS HOTÉIS

A Cabo Verde investimentos regozija-se em anunciar mais 4 novos Hotéis, com a categoria entre 4 e 5 Estrelas, na ZDTI de Santa Maria na ilha do Sal e que estarão concluídos até ao final do corrente ano. Deste grupo constam os seguintes empreendimentos:

O “Hotel Hilton Santa Maria”, promovido pelo grupo Batuque SA, é um hotel de 5 Estrelas com 240 quartos e tem associado o primeiro Casino de Cabo Verde, o Royal Casino. Este grupo comprou recentemente o Hotel Dja d’Sal Holiday Inn que será demolido para dar lugar a um novo Hotel.

O “Royal Decomeron Hotel”, promovido pelo grupo New Horizon, irá oferecer 560 quartos distribuídos por dois Hotéis, um de 4 Estrelas e outro de 5 Estrelas que tem em comum os serviços de apoio.

O Llana Beach Hotel de 5 Estrelas, com 601 suites, é promovido pelo The Resort Group, proprietário do Tortuga Beach Resort e Dunas Beach Resort, ambos já em funcionamento no Sal. No plano de negócio desse Grupo para os próximos anos constam ainda o Hotel Hilton na Praia e o White Sands Resort na Boavista.

Também em fase avançada de construção está o Aparthotel “Dja d’Sal Moradias & Aqua Park”, uma parceria entre o Grupo Halos e a Turinvest SA. Este empreendimento é constituído por 112 apartamentos e fará parte do Halos Hotel cuja construção deverá arrancar ainda este ano.

Para além dessas unidades, estarão em remodelação e ampliação o Hotel Dunas de Sal, o Hotel Crioula, o Hotel Sobrado e o Hotel Riu Funaná. Este ultimo vai receber a categoria mais elevada do grupo e passará a designar-se Hotel “Riu Palace Funaná”.

Estes projectos representam um investimento superior a 250 milhões de Euros, financiados na sua maioria com recursos provenientes do exterior. Com a entrada em funcionamento dessas novas unidades, a ilha do Sal contará com mais 1.675 quartos e cerca de 3.300 camas. Vão ser criados mais de 1.600 novos empregos directos e cerca de 700 empregos indirectos e induzidos.

Em termos percentuais, essas novas unidades hoteleiras representam um acréscimo de 15,8% de quartos em relação ao total nacional, passando de 10.626 (INE 2015) para 12.301. A ilha do Sal passará de 5017 quartos (INE 2015) para 6.692 quartos, o que representará um acréscimo de cerca de 33% em relação ao ano transacto.