Notícias/Eventos

Azores Airlines vai fazer ligação directa entre Praia e Lisboa

Companhia aérea açoriana já fazia ligações entre a Praia e Lisboa, mas com escala em Ponta Delgada. Operações vão ser retomadas em Outubro depois de terem sido suspensas em Março por causa da pandemia de COVID-19.

Mais informações em: https://expressodasilhas.cv/economia/2020/09/10/azores-airlines-vai-fazer-ligacao-directa-entre-praia-e-lisboa/71264

Meeting Plateau recebe certificado de investimento emitido pela Cabo Verde TradeInvest

O certificado de registo de investimento do empreendimento Meeting Plateau, que vai operar na cidade da Praia, ilha de Santiago, foi entregue ao sócio-gerente Jorge Fernandes por Magda Moreno, coordenadora da zona sul dos gestores de clientes da Cabo Verde TradeInvest.

O empreendimento turístico representa um investimento de 65.000.000$00 (sessenta e cinco milhões de escudos) que consiste na construção de uma unidade hoteleira assente no conceito Boutique Hotel com um total de 10 quartos com a tipologia de Standard, Suite Apartamento, Suite Loft. Serão criados 9 postos de trabalho. 

Com localização na zona histórica do centro da cidade da Praia, o Boutique Hotel terá morada na rua Serpa Pinto. Inserida num lote de terreno de 139,226 m2, numa formulação arquitetónica própria voltada para clientes de negócio e de laser, o empreendimento promove o conceito de meeting point, dedicado a pequenas reuniões e concretização de negócios com uma decoração à imagem de habitação familiar, uma fusão entre o contemporâneo e o antigo com exposição da cultura cabo-verdiana e foco nos aspectos históricos do Plateau.

O Boutique Hotel é promovido pela Sociedade GL Turismo e Investimento Lda, representada pelos sócios Jorge Rivelino Ramos Monteiro Barbosa, de nacionalidade cabo-verdiana, e Jacinto Gil Fernandes, cabo-verdiano de nacionalidade americana.

Aparthotel VillaMonte recebe certificado de investimento da Cabo Verde TradeInvest

O projecto de Aparthotel VillaMonte que se vai instalar em Santa Maria, na ilha do Sal, recebeu o certificado de registo de investimento entregue pela Cabo Verde TradeInvest pela gestora de cliente Sandra Nazaré, representante da delegação da zona centro, ao sócio-gerente José da Luz Gomes.

O Aparthotel representa um investimento na ordem dos 230.000.000$00 (duzentos e trinta milhões de escudos) e prevê a construção e exploração de um empreendimento com 32 apartamentos de modelo T1 e T2, numa totalidade de 40 quartos. O projecto do hotel contempla ainda um piso comercial, um bar/restaurante, cozinha e piscina. A empresa criará 30 postos de trabalho diretos a partir do momento em que começar a operar.

O empreendimento funcionará de acordo com o conceito de gestão ambiental que pretende melhor consciencializar todos os agentes para a otimização de recursos, combate ao desperdício e procura de melhor qualidade no ambiente de trabalho, apoiados pelas diretrizes ambientais da norma internacional ISO 14001:2015.

O Aparthotel Villamonte localizar-se-á na entrada da cidade de Santa Maria e terá um prédio construído de raiz.

O promotor do projeto é a sociedade por quotas Montevila, Hotelaria e turismo, Lda. constituído por cinco sócios de nacionalidade cabo-verdiana. São empresários com mais de 20 anos de experiência no ramo empresarial, sendo este o primeiro projeto da sociedade na área da gestão hoteleira.

 

Voos interilhas retornam à normalidade de forma gradual

A Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV) retomou os voos domésticos a 15 de julho de 2020 com uma taxa de ocupação de cerca de 65%.

A retoma exige agora que o passageiro apresente testes negativos ao novo coronavírus realizados com uma antecedência mínima de 72 horas.

Apesar de a programação de voos ser reduzida atualmente face ao mesmo período do ano passado, os voos já têm regularidade como no período prévio à pandemia.

Mais informações em:
Covid-19: Companhia aérea TICV transportou mais de 8.500 passageiros durante um mês após retoma
https://inforpress.cv/covid-19-ticv-transportou-apenas-8-600-passageiros-durante-um-mes/

Projecto Casa Santa Cruz recebe certificado de investimento

O projecto Casa Santa Cruz Boutique Hotel, localizado na ilha de São Vicente, recebeu o certificado de registo de investimento da Cabo Verde TradeInvest, entregue pela gestora de clientes, Ana Paula Rodrigues, à sócia-gerente Analiza Santos Vasconcelos.

O Boutique Hotel situa-se na Rua São João, no centro do Mindelo, e pertence aos promotores nacionais residentes da ilha do Monte Cara, Pedro Santa Cruz Santos e Analiza Santos Vasconcelos, que investiram 100.000.000$ (cem milhões de escudos cabo-verdianos) no empreendimento, que será inaugurado no final deste ano.

O projecto de investimento consiste na criação e exploração de um empreendimento turístico com alojamento para 32 pessoas, distribuído por nove quartos duplos e cinco suites, com restaurante, área comercial, área de convívio e serviço de spa.

O Boutique Hotel irá criar 15 postos de trabalho e pretende apostar na oferta turística com enfoque na segurança e bem-estar dos clientes e apresentação da cultura nacional através da forte presença e consumo de produtos locais.

A Casa Santa Cruz vai dar especial destaque à arte nacional através da exposição de obras, em especial que representem a cultura de São Vicente com música, carnaval e gastronomia.

Bikini Beach Club no top 10 dos melhores empreendimentos turísticos do mundo

O prémio “Travellers Choice” foi atribuído pela Tripadvisor que se baseou em avaliações e classificações de itens salvos por viajantes de todo o mundo.

O prémio Travelllers Choice é destinado aos melhores dos melhores, o que, para a directora do empreendimento, representa uma “grande responsabilidade” e um “encorajamento” em manter o nível de excelência dos serviços do Bikini Beach.

Mais informações em: http://www.tcv.cv/index.php?paginas=47&id_cod=93505

Garça Real prepara nova exportação de grogue para os EUA

A Garça Real, marca de bebidas espirituosas, produzidas e engarrafadas em Santo Antão, está a preparar nova exportação para o mercado dos Estados Unidos da América para realizar ainda este ano.

A intenção de continuar a exportar foi motivada pelo sucesso do produto nesse mercado resultante da primeira experiência realizada em dezembro do ano passado, quando a empresa exportou um contentor de 20 pés com cerca de 8 a 10 mil garrafas de grogue.

De acordo com a gestora da marca, Helena Delgado, a recepção do mercado foi muito boa, o que motivou a proposta de fazer novo envio em breve com o mesmo volume. Acrescentou ainda que a empresa tem planos para exportar os seus produtos para a Europa a breve trecho.

A empresa faz o engarrafamento do seu produto na localidade de Garça, na Ribeira Grande de Santo Antão, sendo uma empresa da família Oliveira Delgado, que tradicionalmente faz a extração da cana sacarina e produção do grogue há mais de 100 anos. Da bebida engarrafada, são comercializados o grogue, grogue velha e ponche de Mel de Cana.

A Garça Real esteve presente na primeira Expo Económica e Comercial China – África que teve lugar em novembro de 2019, na província de Hunan, com a presença de mais de 10 mil convidados de 53 países africanos, tendo representado Cabo Verde no certame. No mesmo mês também participou na feira de Xangai, juntamente com uma delegação nacional liderada pelo Ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Monteiro.

A marca Garça Real foi lançada em agosto de 2017 e está inscrita no Diretório de Empresas Exportadoras e Prestadoras de Serviço da Cabo Verde TradeInvest.

Projecto Catamarã Sodade da TUI recebe certificado de investimento

O Certificado de Registo de Investimento do projecto turístico Sodade Catamarã foi entregue ao investidor TUI Portugal Agência de Viagens e Turismo pela gestora de investimentos da Cabo Verde TradeInvest na delegação da ilha do Sal, Sandra Nazaré, a um dos representantes do grupo, Tiago Costa.

O projecto representa um investimento de mais de 119 milhões de escudos e irá criar 10 postos de trabalho. Consiste na aquisição e adaptação de um catamarã para passeios recreativos com lotação máxima de 79 turistas para desenvolvimento da actividade marítimo-turística na ilha do Sal.

O investimento tem também caracter ambiental com aposta na alta tecnologia marítima, agindo com o menor impacto possível na fauna e flora marítima da ilha. É também inovador com a introdução de equipamentos de energia renovável, como painéis solares, gerador, sistema de propulsão e velas para a redução de consumo de combustível.

A TUI Portugal faz parte do grupo internacional TUI, líder mundial no setor turístico com mais de 40 anos de especialização nesta indústria. O grupo apostou em vários operadores turísticos que operam em diversos mercados, com 1.800 agências de viagens e portais online, 6 companhias aéreas com 150 aviões, 380 hotéis, 16 navios de cruzeiro e um grande número de agências receptivas nos principais destinos de férias a nível mundial. Uma oferta integrada que permite chegar a cerca de 30 milhões de consumidores em 180 países.

A divisão portuguesa do Grupo TUI internacional atua no mercado Cabo-verdiano desde 2005.

Convenção de Estabelecimento do Royal Horizons Ponta Sino aprovada com investimento de cerca de 130 milhões de euros

O grupo New Horizons Hotels and Resorts teve aprovação do seu projecto turístico Royal Horizons Ponta Sino SA na ilha do Sal, num investimento que representa mais de 130 milhões de euros e vai criar 1.400 postos de trabalho diretos e indiretos.

O resort de cinco estrelas que foi iniciado em 2018 e deverá estar concluído em outubro deste ano, terá 732 quartos, localizados na zona histórica de Ponta Sino, com uma área total de 11,5 hectares. O empreendimento terá também dez lojas, seis bares e cinco restaurantes, 33 piscinas, um beach club, dois ginásios, um kids club, um spa, uma sala de conferências e teatro.

O Governo de Cabo Verde considerou o projecto de Investimento de grande valia nacional, tendo-o declarado de interesse excepcional no quadro da estratégia de desenvolvimento do país. Nesse sentido, foi atribuído ao projecto a Convenção de Estabelecimento.

O grupo New Horizons Hotels and Resorts está ainda presente em Cabo Verde com o Royal Horizon na Boa Vista, e no Senegal o grupo também detém o Royal Horizon Baobab. O seu modelo de negócio dedica-se ao desenvolvimento de grandes complexos hoteleiros “all incluive”.

Mais informações do grupo em: http://newhorizonshotels.com/

Cabo Verde sobe 3 posições no ranking mundial de Competitividade Industrial

O relatório de competitividade industrial (CIP sigla em inglês), edição de 2020, que avalia a competitividade industrial dos países relativo ao ano 2018, indica que Cabo Verde subiu 3 posições no ranking mundial de competitividade industrial.

De acordo com o relatório, Cabo Verde aumentou 3 lugares em relação ao ano 2017, onde ocupava a posição de 139, num índice de avaliação de 152 países.

O relatório encontra-se disponível em https://bit.ly/3kbiyMe onde se pode ler que apesar de o país ter descido 2 posições no ranking do Valor Acrescentado na indústria, de 119 em 2017 para 121 em 2018, enquanto na exportação aumentou 4 posição de 125 em 2017 para 121 em 2018.

O relatório traça uma imagem do setor industrial global num contexto de um ambiente macro que está abalado pela insegurança económica e política e reduz a confiança nos benefícios da globalização.

As informações foram divulgadas com base na comunicação do Vice-primiero-ministro, Olavo Correia.