Notícias/Eventos

Investimento em Cabo Verde aumenta mais de 50% no primeiro trimestre com Portugal a liderar

Cabo Verde garantiu mais de 3.140 milhões de escudos (28,4 milhões de euros) em Investimento Direto Estrangeiro (IDE) no primeiro trimestre de 2019, um aumento homólogo de 55,3%, com Portugal a liderar na origem dos investimentos.

De acordo com dados compilados hoje pela Lusa a partir do último relatório estatístico do Banco de Cabo Verde, de agosto, o volume de IDE português naquele país africano foi de mais de 542 milhões de escudos (4,9 milhões euros) no primeiro trimestre, valor que compara com o registo negativo de 10,6 milhões de escudos (96 mil euros) no período homologo de 2018.

O investimento português em Cabo Verde no primeiro trimestre de 2019 foi ainda superior a qualquer um dos trimestres de 2018.

Mais informações em:

Clique aqui <<

Oportunidades de negócio na ilha de Santiago apresentadas pela CV TradeInvest em São Miguel

A equipa de Exportação da Cabo Verde TradeInvest esteve no encontro anual com os emigrantes de São Miguel, no Aldeamento Turística de Vila Morgana, para falar das oportunidades de negócio na ilha de Santiago, no dia 9 de agosto.

O encontro que contou com a participação do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, do presidente de Câmara, Herménio Fernandes, mas também com os representantes das instituições Banco Comercial do Atlântico, Caixa Económica de Cabo Verde, CV Móvel, Garantia, Casa Do Cidadão e Direção Geral das Comunidades.

A equipa da Cabo Verde TradeInvest, representada pela Diretora de Exportação, Leida Santos, e a Técnica de Exportação, Isabel Duarte, apresentou a agência, os motivos porque investir em Cabo Verde e oportunidade de negócio com destaque nos setores da Indústria Transformadora, Agronegócio, Pecuária, Economia Marítima e Economia Criativa, Turismo, Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e Energias Renováveis.

Cabo Verde Investment Fórum mobiliza 1,5 mil milhões de euros para o país, congratula-se Governo

O ministro das Finanças, Olavo Correia, anunciou esta quarta-feira que o país conseguiu mobilizar 1,5 mil milhões de euros no fórum de investimentos privados na ilha do Sal, o triplo do montante previsto.

Saiba mais em: 

Cabo Verde Investment Fórum mobiliza 1,5 mil milhões de euros para o país, congratula-se Governo
https://noticias.sapo.cv/economia/artigos/cabo-verde-investment-forum-mobiliza-15-mil-milhoes-de-euros-para-o-pais-congratula-se-governo?fbclid=IwAR3UHq0Qo-D8y0RI2345IwhT2lGdB6SJaK6uwbLjKFc9DqX-GEJYZhmNVpY

CV TradeInvest e a Bringbuys assinaram Acordo para criação de Website de promoção de Cabo Verde no mercado asiático

A agência de promoção de investimento e exportação e a Bringbuys Web Technology assinaram um acordo para a instalação de um novo Website para promover Cabo Verde e as suas oportunidades de investimento no mercado asiático, no dia 14 de junho.

O site será uma parceria entre a Cabo Verde TradeInvest e a Bringbuys para promover o país como uma plataforma de divulgação de oportunidades de negócio nos sectores de Turismo, Tecnologias de Informação e Comunicação, Indústria, Economia Azul, Energias Renováveis, Serviços e Produtos Made in Cabo Verde.

A visita da delegação constituída por Chloe Wang, directora do departamento de internacionalização da Bringbuys Web Technology, e Rothschild Liao, fundador e gestor da Produce Capital Investments, aconteceu no seguimento das negociações para a abertura de um centro de computação em nuvem em Cabo Verde com o objectivo de criar uma plataforma de fornecimento de serviços tecnológicos para a África Ocidental.

Durante os dois dias de estadia, a equipa reuniu-se com a NOSI e o CERMI no sentido de conhecer as instalações das instituições que serão parceiras no projecto, juntamente com a Cabo Verde TradeInvest. A visita foi concluída com a assinatura do acordo que vai permitir melhor promover Cabo Verde para o mercado asiático e trazer mais investimentos desse destino.

Ler mais em:

Macao Bringbuys Web Technology visita instituições nacionais para instalação de Pólo tecnológico

Hilton Sal Resort premiado como o “Melhor Hotel de Cabo Verde”

Hilton Cabo Verde Sal Resort foi prestigiado como o “Melhor Hotel de Cabo Verde” pela World Travel Awards em 2019.

World Travel Awards apresenta o prémio anualmente com base em votos do público em geral e profissionais do sector de viagens. Este ano marcou a 26ª edição do World Travel Awards Gala, que aconteceu no dia 1 de Junho nas Ilhas Maurícias.

É o segundo ano consecutivo em que a Hilton Cabo Verde Sal Resort é condecorado.

Em 2018 a propriedade foi reconhecida como o “Melhor Hotel de Cabo Verde” e o “Melhor Novo Resort da África” na região da “África e do Oceano Índico”, algo sem precedência no nosso país.

World Travel Awards reconhece, aclama e celebra a excelência em todos os sectores da indústria de viagens e turismo do mundo. Seu programa anual é reconhecido como um dos mais prestigiados e abrangentes da indústria global. Hoje, a marca World Travel Awards é reconhecida mundialmente como uma referência de excelência na indústria.

 

Macao Bringbuys Web Technology visita instituições nacionais para instalação de Pólo tecnológico

Uma delegação da empresa tecnológica macaense Bringbuys Web Technology estará na cidade da Praia, de 13 a 15 de junho, com o objectivo de ter encontros com a Cabo Verde TradeInvest e a NOSI no sentido de continuar as negociações para a instalação de um Pólo tecnológico em Cabo Verde.

A visita tem como objectivo criar sinergias com outras instituições que apoiarão na instalação e funcionamento do negócio.

A Macao Bringbuys Web Technology pretende através deste Pólo entrar no mercado tecnológico de outros países da África Ocidental, tendo em Cabo Verde a plataforma de serviços de computação em nuvem para exportação. Também fazem parte do projeto um centro de dados “offshore”, instituições de formação e incubadoras.

Este projeto de investimento decorre de um primeiro contacto no 11.º Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre China e Países de Língua Portuguesa, que decorreu na Praia em junho de 2017, com o propósito de reforçar a cooperação económica bilateral, evento que foi organizado pela Cabo Verde TradeInvest.

Posteriormente em 2018, foi assinado um memorando de entendimento entre a agência de investimento e exportação e a tecnológica macaense.

Ainda em 2018, a presidente da Cabo Verde TradeInvest, Ana Lima Barber, e o anterior Administrador do NOSI, Aruna Handem estiveram em Macau para conhecer a estrutura organizacional da Macao Bringbuys Web Technology, os seus parceiros e o projecto West Africa International Cloud Computing Center, acompanhados pelo Delegado de Cabo Verde junto do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Nuno Furtado.

Mais informações:

CV TradeInvest e NOSI visitam Macao Bringbuys Web Technology

CV TradeInvest e Bringbuys assinam memorando de entendimento para criação de Pólo tecnológico

Presidente da Associação de Produtores de Vinho do Fogo apresenta projeto à Cabo Verde TradeInvest

A Presidente da Associação de Produtores de Vinho do Fogo, Maria Graça, apresentou o projeto de promoção da associação que integra as marcas Maria Chaves e a Adega Sodade, à Cabo Verde TradeInvest, num encontro que contou com a participação da presidente, Ana Lima Barber, a Administradora, Nádia Monteiro, a Diretora de Exportação, Leida Santos, e a Diretora de Marketing, Susana Duarte.

Para 2019/2020, a associação tem como objectivos: Aumento de produção, Aumento de notoriedade do vinho, Aumento do consumo nacional, Disponibilização no mercado da diáspora e Reconhecimento do mercado internacional.

JBey: Grogue da Brava quer entrar no mercado da Praia

A marca JBey, especializada em grogue velha, do produtor José Andrade, foi recentemente lançada na ilha do Fogo, no mês de abril, onde a recetividade foi muito positiva.

Jbey tem três produtos no mercado: grogue com um ano, grogue de 4 anos e grogue de 7. As bebidas têm sido especialmente procuradas por emigrantes de passagem na ilha da Brava que de boca em boca descobrem o produto.

A bebida espirituosa é vendida a um preço superior no mercado devido a um processo de valorização que José Andrade quer trazer ao produto em comparação com alguns Rum vendidos no mercado internacional, não esquecendo que Rum é a categoria de bebida em que tem sido inserido o grogue na altura da exportação para os mercados especialmente do AGOA (African Growth and Opportunity Act).

“É uma bebida para ser bebida em ocasiões especiais”, afirmou o seu produtor, relembrando que já foi considerada pelo guia turístico francês Le Cap Vert como estando “entre os melhores do arquipélago”.

Mas mais que promover o seu produto, José Andrade, quer promover a sua ilha, o seu arquipélago e o grogue em geral de forma a que a sua marca e outras nacionais se possam encontrar entre as melhores prateleiras das lojas internacionais, identificadas como produtos de elevada qualidade.

Para isso, a valorização tem de começar primeiro no seu país. Sendo que a quantidade de produção é reduzida, e dependente das condições climatéricas do país, “o grogue tem de ter um conceito diferente, de uma bebida com classe”. O próximo passo será ter uma representação na Cidade da Praia, que deverá acontecer antes do final do ano.

Aliado à produção de grogue, José Andrade construiu um trapiche que tem sido considerado como um espaço de atração turística na vila de Fajã D’Água. 

Frescomar vai reinvestir oito milhões de euros e criar cerca de 250 postos de trabalho

A Frescomar empresa que tem uma facturação anual de cerca de 30 milhões de euros, tem em andamento um projecto de reinvestimento de oito milhões de contos, que irá duplicar a cifra de negócios da empresa. Para além de trazer novo impulso para o sector, este projeto irá criar cerca de 250 novos postos de trabalhos nas ilhas de São Vicente e Sal.

Conforme a Minuta da Convenção aprovada pela Resolução n.º 59/2019 de 09 de Maio, o projecto de reinvestimento apresentado pela Frescomar foi considerado de “grande valia para o sector da indústria pesqueira”.

Este projecto a ser implementado no período 2018-2020, prevê a ampliação da linha de produção de farinha de pescado (investimento de cerca de 400 mil euros) e a instalação de uma nova linha de enlatamento (250 mil euros) que criará 140 postos de trabalhos (dos 250 previstos para a carteira completa de projectos).

Mais informações em:

Frescomar vai reinvestir oito milhões de contos e criar cerca de 250 postos de trabalho

Governo aprovou 234,5 milhões de euros em investimentos entre 2018 e 2019

São 234,5 Milhões de Euros, equivalentes a 53 projetos de investimentos que foram aprovados entre 2018 e início de 2019.

Em 2018 a Cabo Verde TradeInvest aprovou 42 projetos. No primeiro trimestre deste ano foram aprovados mais 11, fazendo um total de 53.

O grosso deste investimento está canalizado para o setor do turismo, seguido da industria e serviços.

As ambições deste Governo, suportadas pelo Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável – PEDS (2017/2021) e o Programa do Governo elegem o setor privado como o pilar do desenvolvimento de Cabo Verde.

Esta dinâmica suportada pelos projetos como a Plataforma Turística, o Hub Aéreo e a edificação de uma Zona Franca Comercial vão fazer com que, segundo estipula o PEDS, o desenvolvimento chegue a todos os cantos de Cabo Verde.

Mais informações em:

234,5 Milhões de Euros em investimento